11/10/2010

Quando reboco é assunto de mulher

Postado por Quanta Luz |

Na realidade acho que eu sou um pouco de elaseeunomeio desde pequeno. Lembro que uma das coisas que mais me fascinavam naquela época era ver alguma mulher, qualquer que fosse, maquiando-se na frente do espelho. Largava os carrinhos, parava com o esconde esconde e ficava ali do lado, calado, vendo o reflexo no espelho ganhar cor e formas novas. Era a época do pancake, vocês lembram? Aquele reboco para pele humana? Quando chegou aqui em casa era tipo uma nova tecnologia revolucionária que minhas irmãs usavam. Eu só via e achava bonito todo aquele conjunto de ferramentas que usavam para sair.

E aí estou eu aqui hoje habitando o submundo do backstage feminino. Perdido entre produtos de beleza e lenços de lágrimas pretas. Sim, porque mulher (bebada) chorando depois da balada é aquela coisa bonita né? toda cagada. A maquiagem borrada até a alma, máscara destruída. Está ali o femenomeno da natureza desfeito de seus artificios, tremulando a bandeira da fragilidade que, acho, é também sua força. Baudelaire, teórico da arte, já dizia que a função da maquiagem não deve ser, de fato e de maneira alguma, uma imitação da natureza. O objetivo implícito de uma mulher ao se maquiar é antes o de superar a natureza de si própria.

"A maquiagem é uma mascara, que me deixa mais segura pra encarar o mundo. Tem ali um pequeno escudo que me guarda de alguma forma."

"Quando eu tô meio pra baixo, nada como fazer AQUELE make pra levantar o astral, botar
o "carão" e fazer de conta que a vida é bela, o mundo maravilhoso, e nós estamos lindas o tempo inteiro"

Verdade. Eu entendo o que vocês querem dizer. Na realidade as mulheres estão totalmente cercadas por essas ferramentas cuja função é dar um up físico e emocional simultaneamente. Sutiã com enchimento, jeans que levanta a bunda, salto alto pra ganhar poder. A maquiagem acaba sendo o maior desses recursos para alcançar um grau de superioridade estetica e acho que também moral. Eu vejo isso no olhar de vocês, logo que põem um rímel e arregalam os olhos na frente do espelho. Ali eu já sei que não está exatamente a mesma mulher. Tem alguma coisa dentro dela que muda, cresce ou melhora. É auto confiança.

Esse hábito de se maquiar é uma técnica já bem velha, diga-se de passagem. Surgiu há uns 3000 mil anos atras, na época em que Cleópatra era a maior piriguete que se tinha notícia. Embora a maquiagem lá do Antigo Egito tivesse muito mais a ver com a religião do que com a estética pura, devemos convir que a gostosona do Egito sabia como usar um delineador a seu favor. E alias, acho lindo mulher que usa delineador viu? Se o objetivo é parecer uma nova mulher, eu apostaria nele... A transformação é bem instantanea, mas necessita de boa coordenação motora. Já vi muita tentativa frustrada de por um desses.

"Depois que aplico o lápis no olho passo o dedo pra dar uma esfomaçada, um ar meio de maquiagem ressacada."

"Eu uso um batom clarinho antes do corretivo"


"Base liquida primeiro, depois corretivo e por ultimo a base em pó... Literalmente passando o reboco!!"

"Quando eu uso o blush de "efeito bronzeado", eu sempre passo com a esponjinha, no lugar do pincel. O efeito fica melhor."

"Passar corretivo amarelo nas olheiras"


Toda mulher tem o seu jeito e técnicas de aplicar maquiagem. Uma amiga minha diz que cabelo e maquiagem são assuntos que uma mulher tem que aprender por si só. Verdade ou não, o inegável é o poder dos tais tutoriais de maquiagem altamente disseminados hoje em dia no youtube. Eu sei que vocês são todas viciadas no Petiscos e as dicas de ouro. Considero esse mecanismo um indicador claro das mudanças que a internet opera na vida das pessoas.

Paremos para pensar: como as mulheres aprendiam novas facetas e truques de maquiagem na época em que se ouvia rádio e gravava-se músicas em fita k7? (por favor, digam que vocês sabem o que é k7 e eu não estou velho). Bom, duas alternativas: ir num salão de beleza usurfruir de seus segredos e do bate boca feminino ou a troca de informações entre amigas. Acho que isso se perdeu um pouco. O mais frequente que acontece hoje é você colar o link de um tutorial. A maquiagem é mais uma missão individual de cada uma do que pauta do serviço secreto feminino. A diversidade é tanta que parece existir uma técnica ou tipo de maquiagem para cada mulher, num processo de individualização estética que é valorizada.

"Detesto ir a praia e pegar bronze, porque quando eu volto pro cotidiano tenho que mudar temporariamente a cor do pó. Teve uma vez que eu não me liguei nisso e fui pra missa com a cara muito branca e o corpo muuito bronzeado."

"Mas teve uma vez que fui dançar quadrilha, ai botei o blush de um jeito que em todas as fotos saí parecendo uma caveira com a cara chupada, parecendo uma morta viva."


"Uma vez coloquei corretivo demais nos olhos e fiquei parecendo garparzinho"

Ah é. Nem sempre a maquiagem sai o que se espera dela. Quando uma menina chega pra outra e faz um comentário sobre o corretivo que ela está usando, pode ter certeza que é destilação de veneno. Base e corretivo são duas coisas que se passa no rosto pra esconder as imperfeições e também camuflar-se na pele. Não é uma coisa pra ser vista e notada. Quando isso acontece é porque a coisa não está assim perfeita. Acho que é aquela aparencia meio de porosa, quebrada, né? Enfim, até nisso mulher arranja perigo pra soltar.

Aí lá se vai toda uma peregrinação fervorosa pra menina achar o produto que se dá melhor com a sua pele. E as vezes a coisa só funciona quando o produto custa um salário e pesa 5 gramas. E como poucas pessoas tem o disparate financeiro de dar três dígitos em um tubo mínimo de maquiagem, o jeito é arrumar-se do jeito que dá da melhor forma possível.

"Um produto revolucionario seria o aplicador de cilios postiço, tenho um par de cilios, mas nunca consegui colocar."

"Acho que seria revolucionário um produto que não deixasse você suar! Sofro no verão porque suo e a maquiagem vai toda embora"


"Um delineador liquido que aplicasse que nem lápis de olho (deu pra entender?
que fosse durinho.. não melecasse mas que desse aquele efeito lindo, liquido). Meu sonho é passar aquilo sem borrar."

"Um produto "maquiagem definitiva" que aplicasse na pele e não saísse mais."


Qual produto revolucionário de maquiagem você inventaria? Toda mulher tem alguma insatisfação com essas coisas. Acho interessante uma maquiagem definitiva, que não saísse. Tudo muito mais fácil e economico. Ou então a do delineador sólido. Quando eu penso em algum produto revolucionário para maquiagem penso naquele treco, o curvex. Acho a coisa mais tecnológica no assunto rsrs Tenho até medo de testar. Inventaria alguma coisa baseado nele. Imagina uma máscara com o mesmo mecanismo que você encaixasse, pressionasse e ela maquiasse seu rosto inteiro, de uma só vez? :)

"Defendo a tese que maquiagem nao deve ser usada todo dia pra nao cair na rotina. Já imaginou você chegar numa festa e todo mundo ver que você ta com mesmo rosto de sempre por conta da maquiagem? o bom da maquiagem é o fato dela mudar as pessoas..."


Acho que concordo também. Boa parte do poder das mulheres vem de sua capacidade de causar impacto quando você não espera e, se a pessoa já está acostumada com toda a produção, o efeito não será exatamente o mesmo. Fato é: as mulheres sabem como desenvolver toda uma perfomance social. A hora que chegam, o modo como sentam, o olhar que dispensam, os risos que estabelecem, a dosagem do afeto que reservam. Embora tudo pareça milimetricamente planejado, elas já fizeram tanto isso que já é parte delas mesmas ser um encanto, cada qual com suas particularidades. Até as tímidas tem um jeito especial de envolver as pessoas certas. A maquiagem neste contexto é como o grand finale de um espetáculo, o desfecho triunfal, os diamantes de Lucy. Estar maquiada para uma mulher não tem somente uma função estética. Ela também é, quando associada ao corpo, prática e simbólica. A maquiagem torna o usurfruto de uma mulher mais excitante, até fetichista, ao mesmo tempo que lhe atribui um status próprio que lhe eleva na condição de mulher.

"Nenhuma mulher é tão linda que não mereça nenhum disfarce, nem tão feia que não tenha o que ser realçado"


Né?
Fechou!
E por falar em fechou: olhe, que porra dificil de abrir é caixinha de maquiagem viu? A pessoa não sabe qual o lado que abre, faz força, escorrega, nada acontece e aí quando a menina pega... Plac. Abriu. Até NISTO, meu Deus do céu, vocês tinham que ser difíceis.
Isto é artefato alienígena!

35 comentários:

Lívia Lima Duarte disse...

KkKKKKkkkkkkkkkkk
Vc é o máximo! Make realmente é uma coisa fundamental para nós mulheres... nem as mais básicas dispensam um lápis ou um batom!
Tu sabe tirar mesmo a essencia.. parabéns Dudu!

(depois estude mais afundo todos os tipos de pó, base, carretivo, mascara de cílios, batom)
descobri dia desses que tem uma coisa de pele tambem, as pessoas que tem as veias mais azuladas tem a pele fria, e as esverdeadas a pele é quente... (acho que é isso ou é o contrário) e tudo isso influencia na escolha da maquiagem.
Enfim, é um negocio complicado! kkkkkkkkkkkkkkkk

Taciana disse...

eita adorei algumas citações minhas nesse texto.. você como sempre, se supera!
adorei Edu.
beijo

Anônimo disse...

Olha, você faz as mulheres parecerem seres etéreos, lindos, singelos e saltitantes, quando na verdade não é bem assim. Eu sou mulher e hetero, mas acho mulher um bicho muito perigoso, é por isso que eu só ando com viado.
E mulher não é essa lindeza e maquiagem não é essa maravilha. Você vive nesse mundo mesmo? Já reparou o tanto de feiúra que tem por aí?
Acho teus textos divertidos, mas muito fora da realidade.

eu disse...

hahahaha tenho certeza que dá pra fazer outro post tranquilo só falando dos tipos de maquiagem!!
Acho que eu to ligado nisso de veias azuladas. Parece que o corretivo amarelo é pra esse tipo de pele, pq ele neutraliza a cor azul e ai é so passar o pó por cima. É uma coisa assim. Pode ser que não seja. rsrsrs

Lívia Lima Duarte disse...

olha Dudu

- o tom das veias: se tiver uma pele quente as veias parecerão ter um tom esverdeado, enquanto que as pessoas com pele fria têm as veias azuladas (mais fácil de ver nos braços/pulsos)
- pele (esta é a mais evidente): uma pele que tenha tons rosados será fria, uma pele com um subtom mais amarelado/alaranjado/dourado será uma pele quente
- dourado ou prateado?: os tons dourados assentam melhor a pessoas com tom quente, enquanto que o prateado assenta melhor às pessoas de tons frios.


achei aqui e copiei pra te mostrar! :P

Anônimo disse...

Tem gente aqui mal amada, mal comida.. sei lá o que é! Não entendem o que o cara quis dizer.

eu disse...

Anonimo. Você poderia ter dito tudo no mundo e eu ficaria calado. Agora não venha dizer que as mulheres não são tão incríveis como eu acho que são.

De fato há alguma idealização da mulher no que escrevo... mas acho que isso não invalida o que eu publico. Se a gente pegar a essencia, o texto é uma reprodução do que acontece. Se não fosse, não receberia comentários de gente concordando com o que digo. Eu não escrevo esses textos aleatoriamente. Se fossem eu estaria postando todos os dias. Eu observo e escuto uma amostragem de mulheres antes de escrever. O que eu faço depois é dar uma pincelada pra que o texto se aproxime mais do literário do que do científico.

Agora imagina se eu tratasse tudo aqui com toda a literalidade do realismo? A verdade já é crua demais todos os dias e ninguém aguenta mais. Todo mundo é consciente do que acontece em sua vida e isto é um fardo. Cada mulher é consciente de sua própria de sua beleza, de seus defeitos, e eu absolutamente não tenho a obrigação e nem preciso estar reafirmando essas coisas aqui.

Anônimo disse...

O problema é que você só escuta um tipo de mulher e só sabe escrever sobre esse tipo. Acho que existem muito mais "tipos" de mulheres do que essas que só pensam em maquiagem, bolsas e sapatos. Tem mulheres que pensam muito mais além. Acho que se limitar a escrever somente sobre essas coisas e falar somente com um "tipo" de mulher, é cair na superficialidade, por mais que você tente dar um ar de profundeza da alma feminina a isso.

Anônimo disse...

Minha filha, se não tá gostando não entra aqui. Ninguém tá obrigando vc a gostar disso aqui não. Vai-te.

Anônimo disse...

Colega, eu só expressei minha opinião, estamos num país livre. Acho que o DONO do blog é maduro o suficiente pra saber receber críticas. Beijos.

Anônimo disse...

Sim, ele é completamente livre para expressar o que ele quiser, da maneira que quiser, falar da mulher que quiser. E sim, pode ter certeza que ele é bem maduro e inteligente, e não se abala com certos comentários.

Anônimo disse...

Mulher, melhore... Tu vai tomar as dores por ele? Não vi ele reclamando ainda dos meus comentários. Eu disse o que eu pensava, ele disse o que ele pensava, pronto. Ninguém saiu ferido. Vai arrumar uma lavagem de roupa, vai. Aliás, vai arrumar uma maquiagem pra fazer. Beijos.

eu disse...

Hummm.
Você já leu todos os meus posts? Porque veja. Por mais que eu fale de mulher sempre, eu sou homem, então é meio dificil saber tudo e todas as mulheres. Aqui no blog eu tento expor o que eu sei e vejo da alma e universo femininos. Já falei de lésbicas, de meninas que abortaram, adolescentes que engravidaram, meninas que nunca conseguiram superar uma pessoa, virgens, consumistas, vaidosas, sem mencionar outras particularidades como o que se conversa no banheiro, menstruação e tipos de cabelos.

Este blog não é um trabalho finalizado. O conteúdo dele está em constante construção justament pelo fato de haver muito a ser dito sobre as mulheres. Talvez eu esteja com um público de pesquisa muito viciado mesmo e as respostas vão ser mais ou menos parecidas.

Vou tentar ampliar meus horizontes, tentar ver o tipo de mulher que você está vendo. Aceito ajuda e sugestão. Que mulher seria esta?

eu disse...

Gente não briguem! rsrsrs

Anônimo disse...

Olha, eu já tinha comentado aqui antes, falado que gostava mais dos teus textos antigos, aquele sobre aborto que eu derreti de chorar, o sobre as gordinhas, que eu achei super fofo... Mas é que eu venho notado a tendência ultimamente de falar ou sobre aparência, ou sobre relacionamentos, e tudo só sobre um só ponto de vista. Sempre gostei muito do seu blog, numa boa. Só acho que algumas coisas que tu fala sobre mulheres é meio senso comum demais tipo falar "mulheres são assim, gostam disso e agem de tal maneira. Ponto final" Ou "homens são sacanas, cafagestes e são todos iguais" Eu só acho que esse sexismo hoje em dia não faz mais tanto sentido como antigamente, saca? Se mulheres lutam tanto pra ter os mesmo direitos que os homens, pra que ficar aumentando esse abismo dizendo que homens e mulheres tem comportamentos determinados e imutáveis.
E o que eu tô dizendo aqui é só minha opinião de leitora. Não tô te obrigando a escrever de outro jeito não, ao contrário do que a devota ali em cima pensou. Ela precisa aprender a interpretar melhor o que lê.
Bom, acho que é isso aí. =]

Anônimo disse...

Vou não meu bem, já estou trabalhando... vai arrumar uma lavagem de roupa você. E não venha me dizer se eu devo ou não tomar as dores, porque eu faço o que quiser, vc parece ser bem mandona e mal-resolvida viu? Fica estressadinha com tudo!

Anônimo disse...

Heuaheuhauhauehuahe
Você me diverte, meu bem. ;*

eu disse...

Humrum. Ok, entendi.
Pronto gente, tudo resolvido. Ta bom de lavgem de roupa. rs

Anônimo disse...

adoro tudo que edu escreve e não acho que as coisas que ele falam são só pro tipo de mulher futil,ele trata vários assuntos que aborda vários tipo de mulheres,agora se você não gosta de se maquiar,não gosta de sapatos e roupas e só anda com gay,eu acho que você não se sente tão mulher como nós haha! :)

Anônimo disse...

O melhor que vc conseguiu dizer foi "vc me diverte meu bem"? KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

Bixinha.

w disse...

Só pq ele fala sobre um ponto de vista tal não quer dizer que ele tá falando que 'toda mulher é assim', acho isso falha de interpretação :P

Claro que tem trocentas mulheres que leriam o blog e NAO se identificariam com as formas de pensar e agir que são citadas nos posts, isso é bem óbvio. Mas claro que certas formas de pensar/agir são mais comuns que outras, e algo nisso aí forma nosso conceito de 'feminino'.

Algumas coisas são mais femininas que outras, só :P
A fonte pode até ser estereótipos, senso comum, achismos, whatever, mas fato é que, EM GERAL, estereótipos se formam por um motivo.

Falo no sentido de que me soa meio forçado, meio exagerado, meio mimimi demais isso de 'aparência nao eh tudo do universo feminino' ou 'mulher nao eh tao sentimental como os posts falam' (nada disso foi escrito com essas palavras exatamente, eu sei).

Meu conceito de feminilidade acha essas coisas, e muitas outras que já foram abordadas aqui, bem femininas e representativas, sim :P E isso não é sexismo, oras! Querer que homem e mulher sejam a mesma coisa é forçar a barra, existem sim características comportamentais diferentes, fruto da cultura, da sociedade, bla bla, características essas que diferenciam o que é 'de homem' e o que é 'de mulher', isso é antropológico até!

Eu acho que os posts, em essência, são representativos, refletem bem o mundo feminino overall. De novo: OVERALL.
Claro que tem exceções, claro que não se aplica regra pra todo mundo, bla bla. Óbvio.

Só :P
Acho que enrolei demais mas deve ter dado pra entender.

Anônimo disse...

Ai gente, só acho que vocês poderiam gostar de uma coisa sem endeusar tanto ela, não adianta dizer que tudo aqui é verdade absoluta, pelo amor de deus, né? Antes de vir comer meu cu vocês deviam é deixar de ser hipócritas.
Fui, vocês não merecem falar comigo nem com meu anjo.

Anônimo disse...

E aliás, doa a quem doer, não vou deixar de falar o que eu acho aqui porque uns gatos pingados tomam as dores do dono do blog. Gente, aprendam que existem diversos tipos de opiniões e que vocês nem sempre estarão certos, amadureçam e saibam respeitar quem pensa diferente. Eduardo não veio me matando porque eu divergi do ponto de vista dele, e tenho certeza que ele não escolheu nenhum de vocês como porta voz dele. Bora deixar de ser alienado, né?

Anônimo disse...

Quem ta endeusando o que aqui? Acho que essa pessoa ai que reclamou tanto do post deve ser muito recalcada.. sei la o que. Se revoltou tanto por falar em maquiagem... como Eduardo ja falou, aqui no blog nao existe apenas esse post... tem VARIOS.. que com certeza servem pra os variados gostos.. e quem nao gostar? sinceramente... como a amiga ali de cima falou "vaza", ninguem ta pedindo pra outro ler e gostar nao.

Diogo Marinho disse...

Eu concordo com a primeira anônima e pelo o que eu conheço de eduardo ele também concorda.
Ele só se justificou um pouco mais acima para que vcs não deixassem de acreditar nas coisas que ele escreve. Penso totalmente oposto da anônima que é fã, babona e que não sabe fazer uma analise crítica das coisas que ela mesma gosta.

Anônimo disse...

Nossa! Então quer dizer que Eduardo pensa totalmente diferente do que ele escreve aqui né?
"Ele só se justificou um pouco mais acima para que vcs não deixassem de acreditar nas coisas que ele escreve."

Será que é assim mesmo? Se for, vou parar de ler o blog né? Pra que estar lendo aqui se o dono do blog só tá querendo nos colocar em um mundo que não existe?

xoxo

Anônimo disse...

Recalcadas são essas aí que vivem presas num mundinho cor de rosa de maquiagem. Gente, bora aprender a lidar com uma critica, né? Vocês tem quantos anos? 14? 15?

eu disse...

Gente, isso daqui já virou palhaçada. O assunto já foi resolvido, eu achei interessante a crítica que foi feita e eu não sou orgulhoso pra dizer que ela tá totalmente errada. Toda crítica, se fundamentada, é sempre construtiva.

Eu acredito no que eu falo e no que eu escrevo. O que acontece é que há o risco de não haver correspondencia realmente entre o que escrevo e o que acontece de fato, uma vez que não sou mulher pra saber e acertar tudo o que há pra se dizer sobre uma mulher. Mas eu tento e muitas vezes me saio bem. Acho que to fazendo minha parte.

Né verdade?

Camila disse...

Falta de interpretação a da menina. Quem tá generalizando é você, não o Edu. t.t

Edu. Tá lindo, como sempre. Concordo com tudo. Sou mulher, sou assim e nem em sonhos conseguiria explicar com tanta perfeição. Você se supera mais a cada post. Não demora tanto pra postaaar! Sinto falta das postagens semanais. Um beijo!

Rayhana Marinho disse...

Edu meu bem, seu Blog é uma maravilha e sim todas mulher gosta de falar sobre bolsas, maquilagens, sapatos, roupas, isso não implica em ser fútil, é apenas sem mulher, ou pelo menos as que gostam de se cuidar, não importa em que classe elas se encaxem, todas gostam, das que trabalham pesado ateeee aquelas intelectuais, esse é uma assunto q toda mulher gosta de saber, mas se tem pessoas se sentem mal por esse assunto, so pode ser alguma frustração, ou tem medo do q veem no espelho, provavelmente axam q n tem jeito usar maquiagens, entre outras coisas
Faço engenharia, e não por isso devo andar abarangada, adoro sua forma de pensar, e é uma grande qualidade sua.
Sim pra qm não conhece Edu, ele é exatamente desse jeito q ele escreve, n tem nd haver com pensar diferente do que escreve.

Você arraaasaa em todas as classes de mulheres, e em todas as facheetarias de idade mais novas as mais velhas, claro q tem suas exceções que bom q somos a rega fico bem mais feliz assim!

Bjus Eduuu

Ingrid Ellen disse...

Que palhaçada!
Concordo que críticas são bem vindas, concordo que não devemos usar isso aqui como bíblia versão feminina (ate pq n é esse o objetivo do blog) e concordo que tem gnt endeusando os posts.
Mas não concordo com a critica, apesar de aceitar. Antes de leitora, falo como amiga. Convivo com Eduardo e sei o quanto ele observar hábitos femininos diariamente, pergunta, anota, tira foto, faz pesquisa pelo msn, twitter...
enfim, dizer que a mulher que ele descreve aqui não existe?
Eu existo sim. Não menos complicada, não mais fútil que ninguém aqui.
Fútil é olhar superficialmente pra uma mulher e classifica-la como fútil por ela gostar de maquiagem e esmalte.
Em muitos textos aqui eu me reconheço, não por que eles descrevem algumas coisas que eu faço, mas pq eles foram realmente baseados em mim. Não falo só dos textos "fúteis", falo tbm dos mais densos emocionalmente.
Se ele está viciado em um só tipo de mulher? pode até ser, isso é natural. Mas dizer que o tipo de mulher que ele descreve aqui não real é duvidar de mim e de muitas outras que ele enche o saco tentando desvendar.
Agora, se vc fala do modo que ele nota o mundo, me desculpa, aqui não é seu lugar. Eduardo acha poesia até em relatório de sistemas funcionais, imagine se ele não iria encontrar isso em mulheres?!
E Seu Diogo Marinho, peraí!
Não fale por Edu, pq falar, ele fala muito bem sozinho. Se em algum dia da vida de Eduardo, ele falou que duvidava do que escrevia no blog a culpa é sua, toda sua.
Sabemos mais do que ninguem que é dificil discordar de vc, e que por isso muitas vezes cedemos a nossa opinião pra acabar com a discussão. Vc nunca gostou do blog, e eu vi muitas vezes ele querendo abortar por pressão sua. Não fale por ele. Eu estou conhecendo um outro Edu sem vc, pena vc não poder conhecer, por que esse é bem melhor que o que te era submisso.
Espero que a discussão acabe, ou se não acabar que as replicas tenham menos baixaria e mais embasamento.
Diogo, ainda amo vc, tá.
beijos meninas.

Júlia disse...

Nossa... li o texto, adorei e deixei pra cmentar depois. Qnd volto tem milhões de discussões e até algumas baixarias... hauhauhauhaua

Sinal de que de uma forma ou de outra, o texto foi ótimo ne? Se gerou polêmica...

Qnto ao texto em si achei bem divertido, e émeio assim msm.

Quem me conhece sabe que uso pouquíssima maquiagem, mas realmente, qnd saio, ou quero levantar um poucoo astral do uma caprichada melhor. É assim msm.

Cada um tem uma técnica.

Embora nem todas as mulheres sejam assim, uma boooooa parte é. Não achei o texto generalista.

E achei que as duas anônimas foram tendenciosas.

Uma por ler o texto e olhar só a parte boazinha sem dispender um pouco mais de tempo para criticar, e a outra por ler o texto e crer q estava sendo generalista sem notar que, como em toda pesquisa, ele coletou "amostras".

Se as amostras fizeram com q ele visse isto, pq ia escrever algo diferente?

E mais, tb não acredito que alguém seja capaz de esrever deste modo sobre algo em que não acredita.

Enfim, texto muito legal, divertido e fundamentado sim.


E continua escrevendo assim, q ainda vai dar muito pano pra manga hauahuahauhauhau.

Bjos!


;)

Anônimo disse...

Acho que toda essa discussão daria um ótimo post =)

Ana Sylvia disse...

Meu Deus. Você é fantástico! E eu que achava que não existia um homem sequer que entendia de mulheres...
Bom, ao menos um pouco!!
Mas, sem dúvida, você chega lá!

Nova seguidora: Ana Sylvia

Anna disse...

Cara você é muito bom rsrs, dou gargalhadas com seus textos!
Acho maquiagem uma parte importante pra expressar a vaidade feminina. Como você também sou uma observadora de nascimento e algo curioso é que cada região tem suas particularidades em relação ao make, exemplo, morei 3 anos no ES e lá a mulherada adora passar sombra até rente as sobrancelhas, aqui em SP nós paulistas usamos maquiagem com gosto (muito mesmo) mas é aquele make discreto, tipo: “nem estou usando maquiagem”, sei lá, de forma geral a mulher brasileira é bem vaidosa. Isso é bom!
Concordo com você delineador é tudo! Levanta e valoriza o olhar, dispenso base, pó, blush (um perigo pra quem não sabe usa-lo) até batom, mas delineador e rímel, jamais!
Agora rsrs, bota coordenação motora nisso amigo, delinear os olhos é uma arte, se os homens soubessem do sacrifício olhariam mais para nossos olhos ao invés de se fixarem em nossos peitos e bundas.

Postar um comentário

Subscribe